10/09/2019 15h10 - Atualizado em 10/09/2019 14h14

Polícia Civil de Rio do Oeste identifica autores de extorsão

A Polícia Civil sempre alerta a população com relação aos cuidados com redes sociais

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

No início de agosto, foi registrado boletim de ocorrência na Delegacia de Rio do Oeste relatando que a vítima, após manter contato com uma suposta jovem em redes sociais, estaria sofrendo diversas ameaças.

 

A vítima, inicialmente, recebeu ligações de terceiros dizendo ser parentes “da jovem”, os quais exigiam depósitos bancários de quantias relativamente altas. Posteriormente, novas ligações foram feitas para a vítima, dessa vez por pessoas se identificando como policiais do Rio Grande do Sul e exigindo outros depósitos bancários sob pena de a vítima ser presa ou acusada de algum crime. A vítima, muito assustada com a situação, realizou diversos depósitos, totalizando o montante de R$ 8.000,00 (oito mil reais).

 

Diante de tais informações, por meio do setor de investigação da Delegacia de Polícia de Rio do Oeste, iniciaram diversas diligências resultando na identificação dos autores, os quais eram detentos do sistema penitenciário do Rio Grande do Sul. Além disso, foi possível a identificação dos beneficiários dos depósitos, sendo familiares dos autores, bem como o bloqueio do saldo a fim de possibilitar a restituição para a vítima.

 

Em contato com o setor de inteligência das Polícias do Rio Grande do Sul também foi possível a apreensão dos aparelhos celulares que estavam na celas dos detentos, autores da extorsão.

 

A Polícia Civil sempre alerta a população com relação aos cuidados com redes sociais, sempre evitando fornecer dados ou informações, imagens ou vídeos para terceiros. Existindo qualquer tipo de ameaça ou exigência de dinheiro, procurar a Delegacia de Polícia mais próxima e registrar o boletim de ocorrência.

PUBLICIDADE