16/02/2017 17h45 - Atualizado em 16/02/2017 16h54

Mesmo deputado de SC que quer liberar a caça a animais silvestres pretende liberar rinhas de galo

Quando se mexe em saco de lixo, mais lixo aparece

PUBLICIDADE
Com informações do site Vista-se

Com informações do site Vista-se

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O deputado federal Valdir Colatto, gaúcho que está em seu segundo mandato, eleito pelo estado de Santa Catarina, é um parlamentar ruralista com ideias bem claras sobre os animais.

 

No final de janeiro, noticiamos sobre o projeto de lei 6268/2016, desse senhor, que libera a caça de animais silvestres no Brasil (relembre aqui). Segundo o entendimento do político, qualquer animal poderia ser criado em propriedades privadas para realização de caça profissional. O único empecilho seria a espécie estar na lista das ameaçadas de extinção.

 

Na prática, se esse projeto virar lei, poderíamos ter fazendas especializadas na caça às araras, desde que não fossem as azuis.

 

Quando se mexe em saco de lixo, mais lixo aparece. O deputado Valdir Colatto tem um outro projeto de lei tramitando na Câmara dos Deputados que libera as rinhas de galo no Brasil.

 

A prática, proibida há décadas, consiste em colocar dois galos para brigar até a morte. Em volta, apostadores gritam e torcem pelos seus favoritos. O texto do projeto de lei 3886/2015 é de causar polêmica principalmente pela tentativa frustrada de mascarar as palavras para parecer menos repugnante (leia aqui o PDF).

PUBLICIDADE