22/10/2019 09h08 - Atualizado em 22/10/2019 09h53

Jovem de Rio do Campo que teve 80% do corpo queimado precisa de ajuda

Contribua na campanha "Todos pela Angélica"

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

Uma história comovente está movimentando o Alto Vale. E para ajudar, foi criada a campanha “Todos pela Angélica”. Angélica é moradora do município de Rio do Campo, tem dezesseis anos de idade e aos cinco teve 80% de seu corpo queimado por fogo em um acidente. As queimaduras a deixaram com muitas limitações físicas (mãos e pescoço), e muitas cicatrizes por todo o corpo, que lhe trazem dores físicas e emocionais.

 

Ela realizou o seu tratamento, incluindo cirurgias no hospital Joana de Gusmão, porém não pode mais dar continuidade neste hospital pois já atingiu o limite de idade. A família é grande e humilde. A renda familiar é de apenas um salário mínimo para manter seus seis irmãos, seu pai e sua mãe. As dificuldades financeiras limitam ainda mais o tratamento.

 

Hoje, ela está tendo a oportunidade de dar continuidade ao seu tratamento em um hospital no Texas (EUA). Sua família é carente, e não têm condições de mantê-la fora do país, por isso precisa de ajuda financeira para custear sua estadia e de seu acompanhante, pois o tratamento (cirurgias), bem como as passagens serão custeadas pela ONG a qual o Hospital de lá faz parte.

 

“Muito já avancei nesse meu sonho, através de ajuda já consegui providenciar meu passaporte e meu visto para entrada no país, porém as ajudas recebidas aqui serão importantes para que esse meu grande sonho se torne realidade” disse ela.

 

CLIQUE AQUI PARA DOAR E PARTICIPAR DA CAMPANHA “TODOS PELA ANGÉLICA”

PUBLICIDADE