19/10/2019 08h25 - Atualizado em 17/10/2019 17h44

Jovem condenado em júri por esfaquear amigo durante jogo de cartas, em SC

O jogo de truco foi extremamente tenso

PUBLICIDADE
TJ/SC

TJ/SC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Em sessão do Tribunal do Júri na comarca de Jaraguá do Sul, sob a presidência do juiz Crystian Krautchychyn, titular da 1ª Vara Criminal, um jovem foi condenado a seis anos de reclusão, em regime semiaberto, pelo crime de tentativa de homicídio contra um amigo com quem jogava cartas em sua residência, no bairro Rau, ao final da tarde de 21 de janeiro de 2018. A vítima foi atingida por vários golpes de faca no abdômen mas, prontamente atendida, permaneceu hospitalizada por uma semana e conseguiu se recuperar.

 

Segundo a denúncia do Ministério Público, por volta do meio-dia, os amigos (réu e vítima) foram até um supermercado comprar carne e bebida alcoólica para uma confraternização entre colegas. Já passava das 18 horas daquele dia quando, depois de jogarem truco por diversas vezes, a vítima disse que não queria mais jogar pois pretendia ir para a igreja rezar. O réu, que tinha perdido algumas partidas do jogo de cartas, não se conformou com a desistência e começou a agredi-lo verbalmente. Amigos próximos pediram a ele que parasse, mas não atendeu e seguiu com as ofensas e zombarias.

 

O clima seguiu tenso até que o agressor armou-se com uma faca e correu atrás da vítima, até alcançá-la já na rua e desferir os golpes. O acusado, na ocasião, foi preso em flagrante.

 

Oeste

Em Chapecó, no último dia 11, dois irmãos foram condenados em sessão do júri a penas de 12 e 14 anos, em regime fechado, por homicídio qualificado por motivo torpe e emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima. Eles invadiram uma residência no bairro Seminário, no dia 16 de julho de 2017, e cravejaram a vítima com 14 disparos de arma de fogo. Segundo a denúncia do Ministério Público, havia uma disputa entre as famílias dos réus e da vítima.

PUBLICIDADE