12/02/2019 15h35 - Atualizado em 12/02/2019 11h31

Governo federal estuda fazer concessão da BR-470 antes do fim da duplicação

Sinalização foi dada ao presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar

PUBLICIDADE
Por Pedro Machado - NSC

Por Pedro Machado - NSC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A possibilidade de a BR-470 ser repassada à iniciativa privada via concessão antes do término da duplicação está sendo considerada pelo novo governo federal. Pelo menos foi o que ouviu o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, em reunião na sexta-feira com o secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

 

O líder empresarial também questionou se não haveria risco de judicialização, por se tratar de uma obra cujo contrato está em execução. Recebeu como resposta que já há outras experiências do tipo no país.

 

Na agenda em Brasília, Aguiar pediu atenção do governo federal aos gargalos logísticos do Estado, principalmente os relacionados a rodovias.

 

O presidente da Fiesc saiu animado do encontro. Já tem reunião pré-agendada com o ministro Tarcísio Freitas para março e nos próximos dias quer juntar o Fórum Parlamentar Catarinense para reforçar junto à nova bancada do Estado no Congresso as demandas do setor produtivo ligadas à infraestrutura.

PUBLICIDADE