11/04/2018 09h23

Denúncia do MPF por suposto caixa 2 de Colombo será destinada à Lages

Ele perdeu o foro privilegiado com a renúncia do cargo de Governador

PUBLICIDADE
Moacir Pereira - NSC

Moacir Pereira - NSC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Deverá ser remetida para a cidade de Lages, a partir de agora, a denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-governador Raimundo Colombo (PSD) pelo suposto crime de caixa 2 na campanha eleitoral de 2014.

 

Segundo juristas, com a perda do foro privilegiado, o processo deverá ser destinado ao município de domicílio eleitoral do ex-governador. 

 

O portal de notícias UOL diz que a denúncia vai para a Justiça Federal de Curitiba.

PUBLICIDADE