12/08/2017 09h30 - Atualizado em 12/08/2017 08h24

Conselheiros Tutelares de Taió participaram do IX Congresso Sul-Brasileiro de Conselheiros Tutelares

O evento reuniu conselheiros tutelares dos três estados do Sul

PUBLICIDADE
Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O dia a dia de intervenções em conflitos, denúncias de abuso sexual, maus-tratos, vulnerabilidade social e evasão escolar, as mais comuns entre todas as situações atendidas pelos conselheiros tutelares em Taió, nem sempre permite o tempo necessário para refletir e discutir sobre os assuntos e desafios da área. Durante os dias 08, 09 e 10 de agosto, quatro Conselheiros Tutelares participaram o 9º Congresso Sul-Brasileiro de Conselheiros Tutelares (Congressul). O evento ocorreu no Teatro Carlos Gomes e foi liderado pela Associação Catarinense dos Conselheiros Tutelares (ACCT). A intenção era discutir assuntos ligados aos direitos humanos de crianças e adolescentes.

 

O evento reuniu conselheiros tutelares dos três estados do Sul. No total a programação teve cinco palestras. Às tardes foram dedicadas a mesas-redondas de discussão. Entre os convidados estavam nomes como o professor André Viana Custódio, pós-doutor em Direito pela Universidade de Sevilha, e o promotor paranaense Olympio de Sá Sotto Maior Neto, especialista em Direitos Humanos.

 

Um dos principais pontos em que o congresso pode ajudar na formação dos conselheiros é no tema alienação parental – quando um dos pais estimula desavenças ou sentimentos negativos nos filhos em relação ao outro genitor.

PUBLICIDADE