23/10/2019 11h11 - Atualizado em 23/10/2019 10h14

Autistas agora têm prioridade em atendimentos em Rio do Campo

O Prefeito Rodrigo Preis sancionou uma lei que garante atendimento prioritário para autistas

PUBLICIDADE
Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O Prefeito Rodrigo Preis sancionou uma lei que garante atendimento prioritário para autistas. O projeto foi proposto pelo vereador Gilmar Florentino da Silva e aprovado pela Câmara de Vereadores.

 

Os estabelecimentos públicos e privados do município agora precisam fornecer atendimento prioritário para deficientes e pessoa com necessidades especiais, inclusive os portadores do Transtorno do Espectro Autista – TEA. Em caso de recusa, o local poderá ser punido com multa e suspensão de alvará.

 

A prioridade de atendimento será concedida na apresentação de laudo ou comprovação documental de deficiência ou necessidade especial. São válidos laudo médico circunstanciado, com a correta averbação da Classificação Internacional de Doenças – CID, ou Carteira Pessoal de Portador deficiência ou de necessidades especiais.

 

O autismo faz parte da constituição do indivíduo e afeta seu desenvolvimento, provoca alterações na interação social, na comunicação e no comportamento. Em geral costuma manifestar até três anos de idade e persiste durante a vida adulta, entretanto, há outros distúrbios do desenvolvimento que se enquadram no perfil.

PUBLICIDADE