08/11/2019 13h30 - Atualizado em 08/11/2019 09h54

Técnico perde a cabeça ao levar 3 gols em 15 minutos, deixa time e estádio para trás e é demitido

Jonas Xavier abandona equipe depois de xingar jogadoras e ser repreendido

PUBLICIDADE
Gobo Esporte

Gobo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O Clíper perdeu de 12 a 0 para Iranduba nesta quinta-feira, no estádio da Colina, pela sexta rodada do Campeonato Amazonense feminino. Para piorar o vexame, o técnico da Águia Dourada do Parque 10, Jonas Xavier, só viu três desses gols.

 

 

Treinador abandonou jogadoras após time levar três gols em 15 minutos — Foto: João NormandoTreinador abandonou jogadoras após time levar três gols em 15 minutos — Foto: João Normando

Treinador abandonou jogadoras após time levar três gols em 15 minutos — Foto: João Normando

 

Logo após o Verdão marcar o terceiro, ainda aos 15 minutos do primeiro tempo, o treinador perdeu a cabeça e xingou suas jogadoras de defesa. Repreendido pelas reservas, que exigiam mais “suavidade” nas orientações, Xavier simplesmente desceu para o vestiário e não retornou mais para a área técnica.

 

Ele acabou sendo substituído pelo auxiliar-técnico Jonathan Bruno, que é atacante do próprio Clíper, mas na Série B do Amazonense masculino. Bruno permaneceu à frente da comissão até o fim do jogo e ainda viu outros nove gols. Já Xavier teve a demissão confirmada horas depois da atitude.

Bruno demonstrou surpresa com a atitude de Xavier, mas fez questão de ressaltar que a equipe feminina do Clíper é “terceirizada” através de uma empresa. No próximo confronto, o último do Clíper na fase classificatória, será o próprio presidente do clube, Wallace Dantas, que vai comandar as meninas.

PUBLICIDADE