19/10/2017 13h30 - Atualizado em 19/10/2017 09h01

Segundo Tristão Garcia, time com 47 pontos garante fuga do rebaixamento

Matemático diz que até o Bahia, 10º colocado, ainda briga para não disputar a Série B em 2018

PUBLICIDADE
SporTV

SporTV

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A dez rodadas do fim do Brasileirão, a disputa para fugir da zona da degola continua muito acirrada. A diferença da Ponte Preta, 17ª colocada, primeira equipe a ocupar o Z-4, com 32 pontos, para o Bahia, 10º colocado, é de apenas três pontos. Por isso, o “Tá Na Área” chamou o matemático Tristão Garcia para fazer uma análise dos números nessa reta final de Campeonato Brasileiro. E ele deu uma “pontuação de corte” para garantir a fuga do rebaixamento: 47 pontos.

 

– A pontuação garantida, para não se preocupar em ficar secando os adversários, é 47 pontos. A pontuação que o Corinthians fez no primeiro turno. Dá para fazer – afirmou.

 

 

Segundo Tristão Garcia, Bahia ainda briga contra o rebaixamento (Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia)Segundo Tristão Garcia, Bahia ainda briga contra o rebaixamento (Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia)

Segundo Tristão Garcia, Bahia ainda briga contra o rebaixamento (Foto: Marcelo Malaquias / Divulgação / EC Bahia)

 

Apesar do “número mágico” que pode salvar os times de disputar a Série B de 2018, Tristão não exclui a possibilidade de uma pontuação mais baixa conseguir livrá-los de uma queda.

 

– Esses 47 pontos garantem. Com 46, é bem provável que escape, mas não é garantido. E com 45 pontos já precisa de um pouco de sorte. Não quer dizer que não vai acontecer, mas tem muito time disputando essas vagas, existem muitos confrontos diretos. Então, realmente é arriscado, faltando dez rodadas, assumir uma pontuação menor que essa – ponderou.

 

Sobre o número de times ainda na briga contra o rebaixamento, o matemático foi preciso e afirmou que a disputa vai até o 10º colocado, o Bahia.

 

– O Bahia tem 35 pontos, estabelecemos uma meta de 47 pontos. Fazer 12 pontos em 30 possíveis parece muito fácil daqui do estúdio com ar-condicionado, mas é 40% de aproveitamento. O Corinthians não fez isso até agora no returno. Então, não é desprezível buscar 12 pontos, por isso o Bahia ainda luta – disse.

PUBLICIDADE