12/02/2018 13h50

Rabiot admite privilégios de Neymar, mas minimiza: “Não se considera estrela”

"Não tenho ciúmes dos companheiros"

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Neymar se tornou o centro das atenções quando chegou ao Paris Saint-Germain, em agosto passado, e de cara também passou a ser alvo de críticas de parte da imprensa francesa por conta de supostos privilégios que tem no dia a dia. Por exemplo: tem dois fisioterapeutas particulares, que o acompanham no clube e nas viagens; já foi liberado para se ausentar de treinos e viajar ao Brasil devido a questões familiares; entre outras coisas.

 

 

Neymar, PSG (Foto: REUTERS/Benoit Tessier)Neymar, PSG (Foto: REUTERS/Benoit Tessier)

Neymar, PSG (Foto: REUTERS/Benoit Tessier)

 

Um dos jogadores mais fechados do elenco, o francês Adrien Rabiot falou sobre o tema e admitiu os privilégios de Neymar. Não só do camisa 10, mas também de outra estrela, Mbappé. Por outro lado, fez questão de elogiar o comportamento do craque brasileiro.

 

– Neymar é um cara muito simples no vestiário. Ele até poderia ser um pouco arrogante, mas não é o caso. Ele não se considera uma estrela. Sabemos que ele tem alguns privilégios, assim como Kylian, mas isso não me incomoda. Não tenho ciúmes dos companheiros – disse à “L’Equipe Magazine”.

 

 

Rabiot é titular do PSG de Unai Emery (Foto: EFE/ Ian Langsdon)Rabiot é titular do PSG de Unai Emery (Foto: EFE/ Ian Langsdon)

Rabiot é titular do PSG de Unai Emery (Foto: EFE/ Ian Langsdon)

 

O meio-campista, que é titular absoluto do técnico Unai Emery, também fez uma breve análise sobre o esperado confronto com o Real Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

 

– Eles vão querer salvar a temporada. Estão muito motivados para isso. Têm muita experiência nessa competição, e nós temos muito menos. Na minha opinião, está 50% para cada lado.

PUBLICIDADE