05/12/2018 16h40 - Atualizado em 05/12/2018 14h14

Presidente do Bayern diz que não quis CR7 porque ‘não era rentável pela idade’

Ele já marcou 11 gols e deu assistência para outros sete em 18 partidas pela Juventus

PUBLICIDADE
Extra

Extra

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Quando surgiram as notícias de que Cristiano Ronaldo deixaria o Real Madrid, o Bayern de Munique apareceu como um clube interessado. Mas o alto valor do jogador, acima dos 100 milhões de euros (cerca de R$ 437 milhões) brecou qualquer investida, segundo explica o presidente do time, Uli Hoeness, em entrevista ao jornal alemão “Bild”.

 

Na conversa, o cartola da equipe alemã afirma que se não era rentável para o clube, a nível esportivo, investir esse alto valor em um jogador de 33 anos.

 

 

“Ele tem 33 anos e iria nos custar 100 milhões de euros, algo que não era rentável para sua idade. Aceitaríamos de olhos fechados esse valor se ele tivesse 24 anos”, afirmou o dirigente.

 

Aos 33 anos, Cristiano Ronaldo já marcou 11 gols e deu assistência para outros sete em 18 partidas pela Juventus em menos de cinco meses com a camisa da nova equipe.

PUBLICIDADE