23/01/2017 17h40 - Atualizado em 23/01/2017 14h01

Passarela do Maracanã de quase R$110 milhões está praticamente abandonada

Espaço foi mais utilizado pela Fifa

PUBLICIDADE
Fonte: Folha de São Paulo

Fonte: Folha de São Paulo

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A situação é cada vez mais complicada no que tange o desperdício de dinheiro público. Construída por R$ 109 milhões pela Prefeitura do Rio para a Copa do Mundo, uma passarela nos arredores do Maracanã está praticamente abandonada.

 

Inaugurada às vésperas da abertura do Mundial, a estrutura de cerca de 500 metros de extensão foi fechada ao público e usada para levar os convidados Vips da Fifa do estacionamento privativo da entidade até o estádio durante o Mundial.

 

Após a Copa, a passarela, que liga o estádio à Quinta da Boa Vista, foi reaberta, mas é raramente usada. Nem em dias de jogos torcedores andam na estrutura sobre a avenida Radial Oeste e a linha férrea. O local é distante dos pontos de ônibus e das estações de metrô e trem. Antes, abrigava uma série de quartéis do Exército, que foram derrubados.

 

– Essa obra só serviu pra o pessoal da Fifa. Ela liga o nada a lugar nenhum – disse o dentista Silvio Lima, 41, morador da Tijuca, que corre nos arredores do estádio três vezes por semana.

 

Apesar de pouco utilizada, a passarela é sofisticada e conta com iluminação cênica em led e cobertura em lona tensionada. As rampas foram projetadas com declividade de até 5% e patamar de descanso a cada 20 metros.

PUBLICIDADE