23/08/2019 12h30 - Atualizado em 23/08/2019 08h56

Oficial de Justiça entrega intimação a Ganso após Corinthians x Fluminense

Jogador não quis falar sobre assunto

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O meia Paulo Henrique Ganso, do Fluminense, recebeu uma intimação da Justiça após o empate em 0 a 0 com o Corinthians, pela Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira. Um oficial de justiça esteve presente na Arena Corinthians e entregou o documento ao jogador. A informação foi dada primeiramente pela Rádio Transamérica e confirmada pelo GloboEsporte.com.

 

Perguntado, o meia tricolor limitou-se a dizer que o assunto era pessoal e não deu detalhes. O oficial de justiça chegou no estádio antes de a bola rolar, mas o clube conseguiu convencê-lo a entregar a intimação somente após a partida. Ganso soube do ocorrido depois do apito final.

 

– Você está preocupado com isso? Fala do jogo. Mas não atrapalha nada não, se fosse antes ou depois do jogo – resumiu ao ser perguntado por um repórter na zona mista da Arena Corinthians sobre o ocorrido.

 

A notificação judicial é relacionada a um processo movido por Victoria Lopes de Almeida, mãe de Maria Victoria Lopes de Almeida de Lima, de 7 anos, filha mais velha do jogador, como revelou o UOL e confirmou o GloboEsporte.com. A mulher solicita a revisão da pensão paga pelo camisa 10 tricolor.

 

Em campo, Fluminense e Corinthians empataram em 0 a 0 pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. O retorno da delegação tricolor para o Rio de Janeiro está marcado para a tarde de sexta-feira. O elenco tem folga no sábado e volta ao trabalho no domingo, no CTPA.

PUBLICIDADE