11/07/2018 14h40 - Atualizado em 11/07/2018 14h12

Na Espanha, Arthur posa com as cores do Barcelona: “Muito contente por estar aqui”

Meio-campista se apresenta à torcida em vídeo exibido nas redes sociais do Barça

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Já em Barcelona, Arthur não perdeu tempo, posou com as cores do novo clube e se apresentou à torcida catalã. Anunciado oficialmente na última segunda-feira como reforço catalão para a próxima temporada, o meio-campista embarcou para a Espanha na noite da última terça e nesta quarta posou para fotos no novo clube, antes de ser apresentado formalmente no Barça (o que acontecerá nesta quinta).

 

“Olá, sou Arthur. Estou em Barcelona e estou muito contente por estar aqui”, disse, em vídeo postado nas redes sociais do Barça.

 
 

Arthur, inicialmente, tinha acertado que mudaria de país somente em janeiro de 2019, conforme o Grêmio acertou os detalhes com o Barcelona. Porém, o clube espanhol exerceu o direito de compra dos direitos econômicos do jogador na semana passada e ainda depositou mais uma quantia para ter o atleta de imediato. Com tudo definido, o volante quer “desfrutar” o momento até vestir a camisa blaugrana.

 

– O caminho foi longo, difícil, agradecer a todos que me ajudaram, à minha família, principalmente. Tudo que precisei estavam do meu lado. Talvez se não fosse por eles, não estaria aqui hoje. Agora é desfrutar o momento. Não é todo dia que se vai para o Barcelona, jogar no maior clube do mundo. Está sendo um sonho – disse o jogador, no desembarque em Porto Alegre.

 
 
 

Apresentação a portas fechadas

O custo da operação será de € 31 milhões (R$ 140 milhões), além de € 9 milhões (R$ 41 milhões) em variáveis – o que pode totalizar o negócio em € 40 milhões (R$ 181 milhões). A multa rescisória estabelecida para quebra de contrato é de € 400 milhões (1,818 bilhão). O jogador assinará um contrato válido por seis anos, até a temporada 2023/24.

 

A apresentação oficial está marcada para está quinta-feira (manhã do Brasil). Segundo o jornal “Mundo Deportivo”, o evento acontecerá será reservado para familiares e imprensa. As obras no Camp Nou são a razão que impedirão a presença da torcida culé no evento.

PUBLICIDADE