11/06/2019 08h41

Mais decisivo do Brasil, Bruno Henrique celebra semestre de sonhos pelo Flamengo

Atacante não tem dúvidas: "Melhor momento da carreira"

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Dois jogos não chegam a significar um jejum, mas Bruno Henrique entra em campo nesta quarta-feira com fome de gol. Mais do que matar a saudade das redes após passar em branco diante de Corinthians e Fluminense, o camisa 27 do Flamengo joga para fechar com chave de ouro um semestre de sonhos. Não à toa, é o jogador mais decisivo desta primeira metade do calendário brasileiro em 2019.

 

Com 13 gols e nove assistências, o atacante rubro-negro não vê ninguém na sua frente no ranking de jogadores mais decisivos. São 22 participações diretas em gol, seguido de perto por Fred, do Cruzeiro, que tem uma a menos. Gabriel, com 15 (13 gols e dois passes decisivos), é o segundo do Flamengo na relação.

 

Artilheiro do Carioca e dono do posto também no Brasileirão ao lado de Gabigol, Eduardo Sasha e Everaldo, Bruno Henrique vive uma temporada como nunca na carreira. Para se ter ideia, os 13 gols já colocam 2019 como o segundo ano que o jogador fez mais gols na vida, atrás apenas dos 18 de 2017, pelo Santos.

 

 

Bruno Henrique em Fluminense x Flamengo — Foto: Agência EstadoBruno Henrique em Fluminense x Flamengo — Foto: Agência Estado

Bruno Henrique em Fluminense x Flamengo — Foto: Agência Estado

 

Números de Bruno Henrique no Flamengo

  • 26 jogos
  • 13 gols
  • 9 assistências
  • 22 participações diretas em gol (mais decisivo do Brasil)
  • 18 gols em 2017 (6 no primeiro semestre) é a melhor marca da carreira
 

Na ocasião, porém, o atacante terminou o primeiro semestre com menos da metade da marca atual: seis. Fora essas duas temporadas, o melhor rendimento tinha acontecido em 2015, quando foi às redes oito vezes pelo Goiás. Números que não deixam dúvidas para Bruno Henrique:

 

“É o melhor momento da minha carreira. Tive um ótimo 2017 no Santos, mas aqui já estou quase perto de igualar os números daquele ano na metade do tempo. Estou dando o máximo e espero seguir nesse ritmo para continuar ajudando”.

Nas graças da torcida, Bruno Henrique agora tem a missão de satisfazer também o novo treinador, Jorge Jesus. Em entrevista coletiva, o português revelou gostar de jogar com dois atacantes mais avançados. Posicionamento que o camisa 27 acostumou-se a cumprir sob o comando de Abel Braga.

 

 

Ciente do bom rendimento neste primeiro semestre, Bruno Henrique se preocupa apenas em não deixar o nível cair para seguir sendo importante para o Flamengo no Brasileirão, na Copa do Brasil e na Libertadores.

 

– Fico muito feliz de poder contribuir dentro de campo. Fui contratado para ajudar o Flamengo e estou conseguindo dar a resposta que todos esperavam. É uma honra saber que meus números e meu desempenho me colocam entre os melhores do país. Espero manter o nível para que a gente alcance os nossos objetivos na temporada.

 

O Flamengo treina na manhã desta terça-feira, no Ninho do Urubu, e viaja à tarde para Brasília, onde encara o CSA, quarta, às 21h30, no Mané Garrincha. Com 14 pontos, o Rubro-Negro é o quinto colocado na tabela, enquanto os alagoanos estão em penúltimo, com seis.

PUBLICIDADE