19/10/2017 14h40 - Atualizado em 19/10/2017 13h55

Grêmio renova confiança com Luan e vê desempenho crescer antes de semifinais

Renato e elenco comemoram volta do camisa 7

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Quando o árbitro Héber Roberto Lopes apitou o fim de Corinthians e Grêmio, nesta quarta-feira, um sorriso se abriu no rosto dos gremistas. Evidente que seria mais largo se o resultado não fosse 0 a 0, em jogo no Itaquerão. Mas ver um Tricolor mais próximo do seu melhor momento a sete dias da semifinal da Libertadores agradou a todos. Especialmente a Renato Portaluppi. Somado a isso, a volta de Luan foi considerada um passo dado rumo ao bom desempenho “na hora certa”.

 

“Voltamos a crescer no momento certo. É fundamental ter o grupo todo e a confiança voltar” (Renato Gaúcho)

O jogo com o Timão não deixou de ser um teste para a partida com o Barcelona, em Guayaquil, na próxima semana. Afinal, o líder do Brasileirão tem qualidade talvez até maior que o semifinalista da Libertadores. Depois de uma apresentação criticada na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, o empate valeu como uma espécie de “hora da virada” para o Grêmio.

 

– Voltamos a crescer no momento certo – comemorou Renato. – Estamos tirando todo mundo do departamento médico, principalmente o Luan. O time cresce bastante com ele, readquire personalidade. É muito importante em um momento deste. É fundamental ter o grupo todo e a confiança voltar. O time teve personalidade grande, gostei bastante.

 

 

Não foram tantas chances criadas – três, na verdade. Mas a trave de Cássio tremeu em cobrança de falta de Edílson. Jael ainda desperdiçou lance no fim do jogo. Enquanto o Timão levou perigo apenas em uma cabeçada de Jô, sem direção, e em chegadas esporádicas no segundo tempo. Não foi só Luan, até porque o camisa 7 não teve ainda o mesmo nível de partidas anteriores. Mas já encheu os companheiros de confiança.

 

– Sem dúvida alguma, no momento que o Luan havia se machucado, estava sendo o melhor jogador do futebol brasileiro e vinha nos ajudando bastante. Perdemos bastante com a ausência dele. Agora está de volta, não foi o Luan das partidas anteriores, devido ao longo tempo parado, mas voltou bem. O mais importante é que está de volta, é o jogador da posição. Os companheiros ficaram contentes com a volta. Já é outro Grêmio, a tendência é crescer ainda mais – completou Renato.

 

 

Luan Grêmio x Corinthians (Foto: Marcos Riboli/GloboEsporte.com)Luan Grêmio x Corinthians (Foto: Marcos Riboli/GloboEsporte.com)

Luan Grêmio x Corinthians (Foto: Marcos Riboli/GloboEsporte.com)

 

Quase 60 dias depois….

Luan voltou depois de 56 dias sem ser titular – não começava um jogo desde o empate com o Cruzeiro, na eliminação da Copa do Brasil. Usou os 75 minutos em campo para se soltar e buscar ritmo de jogo. Admitiu estar abaixo dos companheiros ainda em intensidade, mas não sentiu dores. Ao ser substituído, imediatamente colocou uma bolsa de gelo na coxa direita por precaução.

 

– Claro que não estava no mesmo ritmo que os demais, senti um pouco o tempo de bola, ritmo. Tentei dar meu máximo para me preparar para quarta-feira, é um jogo difícil. Fico feliz de saber dos meus companheiros, que falam da minha importância, mas tento sempre ajudar eles, dar opção, estar fechado com eles – falou o camisa 7 após a partida.

 

O Grêmio, renovado e cheio de confiança, retorna de São Paulo no início da tarde desta quinta-feira. O elenco desembarca em Porto Alegre e vai direto para o CT Luiz Carvalho, onde ocorre a atividade marcada para a tarde. No domingo, os gremistas recebem o Palmeiras, na Arena, horas antes da viagem para Guayaquil.

PUBLICIDADE