11/06/2019 17h00 - Atualizado em 11/06/2019 14h38

FIFA 20: capa vazada com Neymar é real e foi feita por ilustrador brasileiro a pedido da EA Sports

Staff de Neymar informa que contrato com a EA Sports segue em vigor

PUBLICIDADE
SporTV

SporTV

PUBLICIDADE
Delta Ativa

FIFA 20 nem chegou e já está gerando polêmica. Nesta semana, vazou uma foto da suposta capa do jogo com Neymar como único destaque. A EA Sports negou que a imagem fosse real e alegou serem apenas “especulações” . Entretanto, o e-SporTV achou o ilustrador que produziu o desenho do camisa 10 do PSG a pedido da desenvolvedora. Cristiano Siqueira foi escolhido a dedo pela empresa.

 

 

Ilustração de Neymar foi produzida por brasileiro para a EA Sports — Foto: ReproduçãoIlustração de Neymar foi produzida por brasileiro para a EA Sports — Foto: Reprodução

Ilustração de Neymar foi produzida por brasileiro para a EA Sports — Foto: Reprodução

 

– (O desenho de Neymar) Foi para a EA Sports, em parceria com um escritório de design dos EUA. Eles me brifaram a ilustração. O estilo foi baseado em outros trabalhos do meu portfólio, eles pegaram esses trabalhos e disseram “queremos algo nessa linha” – revela.

 

Apesar de fazer a ilustração para a EA, o paulista de 39 anos ainda não sabia que seu trabalho seria capa do FIFA 20. Siqueira só foi descobrir quando o staff de Neymar o procurou para fazer uma entrevista. O craque havia gostado bastante da arte. Tudo isso ocorreu antes da acusação de estupro vir à tona.

 

– Eu só soube que seria usada na capa do FIFA 20 perto do lançamento. Pela equipe do Neymar. Quando eles souberam que a ilustração da capa seria feita por um ilustrador brasileiro entraram em contato comigo pra uma entrevista – conta.

 

Em meio a uma acusação de estupro e uma lesão que cortou Neymar da Copa América, a capa do FIFA 20 com o desenho de Siqueira vazou nesta semana e tomou os grupos de fãs do simulador de futebol. A imagem revela ainda o novo uniforme do Paris Saint-Germain para a próxima temporada. Procurada pela reportagem do e-SporTV, a EA negou que a imagem fosse real. Mas, ao ser questionada se o craque brasileiro será a capa do game, não houve resposta.

 

Neymar presta depoimento na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro — Foto: Lucas Landau / ReutersNeymar presta depoimento na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro — Foto: Lucas Landau / Reuters

Neymar presta depoimento na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro — Foto: Lucas Landau / Reuters

 

No ano passado, algo parecido aconteceu com Cristiano Ronaldo. Capa do FIFA 19, o craque português foi acusado de estupro. Após a repercussão do caso, a EA retirou todas as imagens do jogador de dentro do game e da capa.

 

As constantes negativas da EA para a veracidade da capa vazada com Neymar podem indicar que a presença do craque como destaque ainda está em análise. O ilustrador de 39 anos entende a indecisão da desenvolvedora, mas vive um mix de emoções.

 

– Eles (EA Sports) têm o direito de não usar o desenho na capa ou decidir usar em outra aplicação. Se ela for oficialmente a capa, eu ficaria contente, mas se por algum motivo não rolar, ok – disse.

 

Ele ainda explicou o motivo do misto de sentimentos

 

– É por causa do envolvimento do Neymar com o caso de estupro. Acaba manchando o trabalho de todos.

 

Nem tão feliz: Cristiano Siqueira vive um misto de sentimentos após vazamento da capa do FIFA 20 — Foto: ReproduçãoNem tão feliz: Cristiano Siqueira vive um misto de sentimentos após vazamento da capa do FIFA 20 — Foto: Reprodução

Nem tão feliz: Cristiano Siqueira vive um misto de sentimentos após vazamento da capa do FIFA 20 — Foto: Reprodução

 

Não é a primeira vez que Cristiano presta serviços ao mundo gamer. Em 2016, o ilustrador fez desenhos sob encomenda da Blizzard para a Overwatch World Cup. Em 2015, produziu artes para camisetas e pôsteres do campeonato brasileiro de League of Legends (CBLoL).

 

Arte feita por Cristiano Siqueira para Riot Games em 2015 — Foto: ReproduçãoArte feita por Cristiano Siqueira para Riot Games em 2015 — Foto: Reprodução

Arte feita por Cristiano Siqueira para Riot Games em 2015 — Foto: Reprodução

PUBLICIDADE