02/12/2019 11h11 - Atualizado em 02/12/2019 08h51

‘Eu disse: será que chegou a hora?’, conta Galvão Bueno ao falar sobre infarto

Narrador deu entrevista a Tadeu Schmidt contando os detalhes do momento em que passou mal

PUBLICIDADE
Fantástico

Fantástico

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O narrador Galvão Bueno falou ao apresentador do Fantástico, Tadeu Schmidt, sobre o infarto que sofreu no Peru. Em casa, em Londrina, e ao lado da mulher, Desiree, Galvão lembrou bem-humorado: “Ela que me levou pro hospital, eu não queria ir não”.

 

Na quarta-feira, dia 20 de novembro, Galvão passou mal depois do jantar. Ele estava no Peru para narrar a final da Libertadores. “Comecei a sentir uma pressão no peito, uma dor no peito, e eu dizia ‘não, gente, isso é o esforço que eu estou fazendo. Já já eu deito, durmo. Amanhã eu descanso, vou trabalhar sexta e fazer o jogo sábado”, conta Galvão. Na madrugada de quinta, o narrador piorou: “Começou a dor no braço e eu acordei a Desiree”.

 

Na entrevista, Galvão contou que o médico dele, em São Paulo, ficou conectado com a equipe do hospital em Lima.

 

Galvão: Imediatamente fizeram um eletrocardiograma, a Desiree fotografou o eletrocardiograma e mandou para ele. E segundos depois ele ligou e disse: tem que fazer um cateterismo já.
Tadeu: Por que ali mostrava o quê?
Galvão: mostrava que eu tinha tido um infarto.

PUBLICIDADE