02/07/2019 14h11

Em alta com Jesus, Vitinho releva vaias e projeta segundo semestre: “Ser o que todos esperam de mim”

Camisa 11 ganha pontos e desponta como candidato à vaga no time

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Trabalhando em silêncio, comendo pelas beiradas, Vitinho vem ganhando espaço no Flamengo. Bem nos últimos jogos antes da pausa para a Copa América, o camisa tem sido muito elogiado internamente por Jorge Jesus, que aposta no sucesso do camisa 11 no segundo semestre.

 

No jogo-treino contra o Madureira, no sábado, Vitinho foi o titular de linha que mais tempo ficou em campo e retribuiu com dois gols, na vitória por 3 a 1. Hoje, é um sério candidato à titularidade, uma vez que Jorge Jesus mudou o esquema, gosta do atacante e abriu um novo leque de opções desde que chegou ao Flamengo.

 

– Fico feliz pela confiança do Jorge Jesus. Pude jogar bastante tempo contra o Madureira e fiz dois gols. Tem sido legal a experiência com um treinador da Europa no Brasil. Ele tem tentado extrair o melhor de mim e de todos no Flamengo. É logico que são apenas 12 dias de trabalho, ele ainda tem muitas coisas para nos passar. Tenho me concentrado para tentar todas as mensagens dele, tem sido importante – frisou Vitinho.

 

Há quase um ano no Flamengo, Vitinho vive de altos e baixos desde que chegou. Hoje, parece estar recuperando o bom futebol e vive um bom momento. Mesmo assim foi vaiado em Brasília, contra o CSA. O camisa 11 comentou sua relação com a torcida.

 

– Fui vaiado em determinado momento contra o CSA, nenhum atleta quer passar por isso. Mas há males que vêm para o bem. Fiz um bom jogo, veio o gol e voltamos felizes para casa. As situações com a torcida vão aparecer, mas a reação depende de mim. Tenho procurado reagir da melhor maneira. Não serei o primeiro nem o último a ser vaiado. Tento ter a melhor postura em relação a isso. 

PUBLICIDADE