11/08/2017 17h40 - Atualizado em 11/08/2017 14h17

Com os melhores números no ataque, Luis Fabiano deve voltar ao Vasco neste domingo

Sem Luis Fabiano em campo, o time perdeu o recurso da bola alçada na área

PUBLICIDADE
Extra Online

Extra Online

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Em um time cada vez mais rejuvenescido, jogar com Luis Fabiano pode até parecer meio fora de moda. Mas os números do atacante (veja o quadro ao lado) o deixam em evidência, a despeito dos 36 anos – nada menos que o dobro de Paulo Vitor, seu substituto nos últimos quatro jogos do Vasco. Recuperado de dores e fortalecido em termos musculares, o centroavante tem treinado como titular e deve retornar à equipe na partida de domingo, contra o Palmeiras, em Volta Redonda. 

 

Nas atividades comandadas por Milton Mendes em São Januário esta semana, ele recuperou a posição no comando do ataque. Deverá ser municiado por Paulinho e Mateus Vital no fim de semana. Nos sete jogos em que esteve fora, o Vasco acumulou duas vitórias, dois empates e três derrotas. 

 

Sem Luis Fabiano em campo, o time perdeu o recurso da bola alçada na área, forte principalmente quando bons cruzadores como Henrique, Yago Pikachu e Wagner estão jogando. A diminuição no poder de fogo também é flagrante: ele tem cinco gols no Brasileiro, enquanto Thalles marcou duas vezes e Paulo Vitor, apenas uma. 

 

Com o garoto, o ganho de velocidade e mobilidade do Vasco é evidente. Com a juventude a favor, Paulo também ajuda a marcar a saída de bola, o que já não é atributo de Fabuloso no futebol faz algum tempo. Mas ainda assim, o veterano tem seu valor, como destacou Paulo Vitor: 

 

– Luís Fabiano é muito importante para o grupo. Eu estou muito feliz com a volta dele. Na minha parte, eu faço outras funções. 

 

Confira o desempenho dos principais atacantes do Vasco na Série A: 

 

Luis Fabiano 
9 jogos, 5 gols 
56% de aproveitamento tem o Vasco com ele em campo 

 

Thalles 
9 jogos, 2 gols 
33% de aproveitamento tem o time com o atleta em campo 

 

Paulo Vitor 
8 jogos, 1 gol 
33% de aproveitamento tem o Vasco com ele em campo 

 

Manga 
10 jogos, 1 gol 
33% de aproveitamento tem o time com o atleta em campo 

 

Kelvin 
5 jogos, nenhum gol 
40% de aproveitamento tem o Vasco com ele em campo 

PUBLICIDADE