24/10/2019 08h50

Com Gallardo, River venceu 22 dos 24 mata-matas que disputou

Foi em Libertadores, Sul-Americana e Recopa desde 2014

PUBLICIDADE
Extra

Extra

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Marcelo Gallardo já era ídolo do River Plate mesmo antes de assumir o comando do clube, em 2014, principalmente pelos seis títulos argentinos e a Libertadores que conquistou como jogador do clube. Nos últimos cinco anos, porém, o ex-meia e atual treinador dos “Milionários” tornou-se ainda maior no clube. Nos últimos cinco anos, Gallardo conquistou dez títulos e transformou o River no time mais temido da América.

 

Somente em competições sul-americanas, Gallardo venceu nada menos do que 22 dos 24 mata-matas que disputou, um aproveitamento de 91,7%. A trajetória de sucesso de “Muñeco” começou no título invicto da Copa Sul-Americana de 2014, com nove vitórias e três empates nas seis fases eliminatórias. Nos títulos da Libertadores de 2015 e 2018, foram outras quatro diferentes vítimas em cada uma das campanhas campeãs, além dos três título nas Recopas de 2015, 2016 e 2019. Nesse período, as únicas eliminações em competições sul-americanas aconteceram nas Libertadores de 2016, quando o River caiu para o Independiente del Valle nas oitavas de final, e 2017, com a eliminação na semifinal para o Lanús.

 

Como se não bastasse o domínio continental, Gallardo transformou o Boca Juniors, maior rival do River, no freguês favorito dos “Milionários”. Nos últimos cinco anos, ele venceu os cinco mata-matas que disputou contra o adversário. Na Libertadores, o River levou a melhor nas oitavas de 2015, na final de 2018 e na semifinal deste ano. A equipe de Gallardo também venceu a semifinal da Sul-Americana de 2014 e na Supercopa da Argentina 2018, e Gallardo alfineta.

 

— Vencer o Boca e eliminá-los não é uma novidade para nós. Tivemos novamente a oportunidade de enfrentar o Boca e vencemos. Estou muito feliz. Precisamos manter o foco para chegar bem na grande final — disse.

PUBLICIDADE