31/07/2019 08h56

Borja vira 2º maior artilheiro do Palmeiras na Libertadores e faz sinal de “9” à torcida

Com a chegada de dois reforços, elenco agora conta com cinco centroavantes

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

No mesmo dia em que o Palmeirasanunciou dois centroavantes (Luiz Adriano e Henrique Dourado), Miguel Borja mostrou à torcida que o camisa 9 é – literalmente – ele.

 

Na comemoração de seu gol, o segundo da vitória por 4 a 0 sobre o Godoy Cruz, na noite desta terça-feira, pelas oitavas de final da Libertadores, o colombiano bateu no peito e mostrou nove dedos à arquibancada da arena.

 

 

Borja comemora gol do Palmeiras fazendo 9 com as mãos — Foto: César Greco/Ag.PalmeirasBorja comemora gol do Palmeiras fazendo 9 com as mãos — Foto: César Greco/Ag.Palmeiras

Borja comemora gol do Palmeiras fazendo 9 com as mãos — Foto: César Greco/Ag.Palmeiras 

 
 

Minutos antes, também no segundo tempo, ele já havia participado do lance em que, após revisão do VAR, a arbitragem assinalou pênalti. A cobrança foi convertida por Raphael Veiga. O terceiro e quarto gols foram de Gustavo Scarpa e Dudu, respectivamente.

 

Com o gol marcado nesta terça-feira, Borja se tornou o segundo maior artilheiro do Palmeiras na Libertadores. Agora são 11 gols ao todo, ao lado de Tupãzinho e abaixo apenas de Alex, que marcou 12 vezes com a camisa alviverde no torneio.

 

Embedded video

 
 

O décimo gol de Borja havia sido justamente diante do Godoy Cruz, no jogo de ida, disputado em Mendoza, na semana passada. Ocasião em que ele voltou a ser escalado pelo técnico Luiz Felipe Scolari pela primeira vez desde 30 de maio.

 

Classificado, o Palmeiras agora espera nas quartas de final da Libertadores o vencedor do duelo entre Grêmio e Libertad. No primeiro jogo, o time brasileiro derrotou a equipe paraguaia por 2 a 0.

 

 

Borja em Palmeiras x Godoy Cruz  — Foto: Felipe ZitoBorja em Palmeiras x Godoy Cruz  — Foto: Felipe Zito

Borja em Palmeiras x Godoy Cruz — Foto: Felipe Zito

 

 

Preocupação para o Dérbi

Antes do fim do primeiro tempo, o atacante chegou a receber atendimento médico após se queixar de dores no pé esquerdo. Mas voltou para a segunda etapa e só foi substituído por Deyverson depois de ter balançado a rede.

 

Na saída da arena, porém, Borja apareceu com uma bota ortopédica e afirmou estar com o pé inchado. Torna-se, portanto, dúvida para o clássico de domingo contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, em Itaquera.

PUBLICIDADE