19/05/2017 11h11 - Atualizado em 19/05/2017 08h22

As primeiras imagens do “Lotus” de Cacá

"Estou bastante feliz de poder fazer essa homenagem para o Senna"

PUBLICIDADE
Blog Voando Baixo - Globo Esporte

Blog Voando Baixo - Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Na última sexta-feira, o blog Voando Baixo trouxe o layout do carro de Cacá Bueno para a etapa de Santa Cruz do Sul (RS) da Stock Car em primeira mãoO pentacampeão vai homenagear os 30 anos da primeira vitória de Ayrton Senna no GP de Mônaco, a corrida mais tradicional da Fórmula 1. Para isso, seu Chevrolet Cruze terá as cores da Lotus-Honda número 12 usada pelo tricampeão da F1 nas ruas do principado em 1987. Estas são as primeiras fotos do carro de Cacá, que também vai usar uma réplica do macacão de Senna e uma faixa no capacete que reproduz o icônico layout do tricampeão.

 

– Estou bastante feliz de poder fazer essa homenagem para o Senna, que foi o meu grande ídolo de infância e que até hoje inspira os brasileiros. Ele é minha grande referência no esporte e posso dizer que tive vontade de me tornar um piloto profissional por causa do Ayrton – disse Cacá, que ia com Galvão Bueno, seu pai e narrador da TV Globo, acompanhar algumas das corridas da Fórmula 1 nos anos em Senna corria.

 

Cacá Bueno com o layout da Lotus 1987 em seu Stock Car

 

A iniciativa foi ideia do Instituto Ayrton Senna (IAS) em parceria com a Cimed Racing, equipe de Cacá na Stock Car. A homenagem faz parte de uma série de ações especiais sobre os 30 anos da primeira vitória do piloto no Principado. Depois do GP de 1987, o brasileiro alcançou o recorde de seis conquistas, até hoje imbatível, vencendo também as provas de 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993.

 

Cacá Bueno com o layout da Lotus 1987 em seu Stock Car

 

Além de ser palco da homenagem a Senna, a pista de Santa Cruz do Sul é muito especial para Cacá Bueno. O pentacampeão é o recordista de vitórias do circuito, com três. As vitórias vieram em 2005, 2007 e 2008 e agora o maior vencedor em atividade da categoria vai atrás da quarta conquista no circuito.

 

– As minhas vitórias em Santa Cruz do Sul marcaram um período com muitos títulos da minha carreira e espero poder voltar a vencer nesse ano de muitos desafios. Vou me inspirar no Senna e lutar pelas primeiras posições desde os treinos livres – completou Cacá, que na infância ganhou as luvas do ídolo.

 

Ayrton Senna no GP de Mônaco de 1987

PUBLICIDADE