31/07/2019 15h31

Ao lado de Klopp e Guardiola, Tite volta à lista de melhores técnicos do mundo

Comandante da Seleção é um dos 10 indicados ao prêmio de melhor do ano

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Novamente em alta após a conquista da Copa América, Tite está de volta à lista de melhores técnicos do mundo. A Fifa divulgou nesta quarta-feira os indicados ao prêmio The Best de 2019 na categoria dos treinadores, e o comandante da seleção brasileira aparece entre os 10 nomes apontados, junto aos badalados Pep Guardiola e Jürgen Klopp.

 

Desta forma, Tite volta a figurar entre os melhores treinadores do planeta depois de um ano. Indicado na edição 2017 da premiação, após o grande desempenho nas eliminatórias da América do Sul, o comandante do Brasil acabou ficando de fora dos 10 melhores no ano passado, quando caiu nas quartas de final da Copa do Mundo.

 

Campeão europeu, Jürgen Klopp é um dos favoritos ao prêmio — Foto: Getty ImagesCampeão europeu, Jürgen Klopp é um dos favoritos ao prêmio — Foto: Getty Images

Campeão europeu, Jürgen Klopp é um dos favoritos ao prêmio — Foto: Getty Images

 

Tite é o único brasileiro da lista, que traz outros três sul-americanos – todos argentinos: Ricardo Gareca, comandante da seleção peruana; Marcelo Gallardo, treinador do River Plate; e Mauricio Pochettino, técnico do Tottenham. Também foram indicados Didier Deschamps, da seleção francesa; Fernando Santos, da seleção portuguesa; Djamel Belmadi, da seleção argelina; e Erik Ten Hag, do Ajax.

 

Erik Ten Hag foi uma das sensações da temporada, com destaque no Ajax — Foto: Getty ImagesErik Ten Hag foi uma das sensações da temporada, com destaque no Ajax — Foto: Getty Images

Erik Ten Hag foi uma das sensações da temporada, com destaque no Ajax — Foto: Getty Images

 

Os 10 nomes foram apontados por um painel de especialistas, tendo como base o trabalho mostrado entre 16 de julho de 2018 e 19 de julho de 2019. O grupo foi formado por ex-jogadores e técnicos: Kaká (Brasil), Xavi (Espanha), Juan Sebastián Verón (Argentina), Franco Baresi (Itália), Cha Bumkun (Coreia do Sul), Fabio Capello (Itália), Ricki Herbert (Nova Zelândia), Lothar Matthäus (Alemanha), Francisco Maturana (Colômbia) e Hugo Sánchez (México).

 

Os candidatos agora passarão por um processo de votação popular no site da Fifa, que ocorrerá paralelamente a uma eleição entre jornalistas de cada país filiado à entidade, além dos treinadores e capitães das seleções. Cada país terá, desta forma, três representantes.

 

A votação ocorre da seguinte forma: cada eleitor indica três candidatos, em ordem de preferência: 1º, 2º e 3º colocado. O primeiro leva cinco pontos; o segundo, três pontos; e o terceiro, um ponto, e quem tiver a maior soma fica com o troféu. A votação será encerrada em 19 de agosto, e os três finalistas serão divulgados em data ainda não confirmada. O grande vencedor será anunciado no dia 23 de setembro, na cerimônia do Fifa The Best.

 

A lista dos 10 indicados ao prêmio de melhor técnico do mundo pela Fifa em 2019:

  • Djamel Belmadi (Argélia) – Seleção argelina
  • Didier Deschamps (França) – Seleção francesa
  • Marcelo Gallardo (Argentina) – River Plate
  • Ricardo Gareca (Argentina) – Seleção peruana
  • Pep Guardiola (Espanha) – Manchester City
  • Jürgen Klopp (Alemanha) – Liverpool
  • Mauricio Pocchetino (Argentina) – Tottenham
  • Fernando Santos (Portugal) – Seleção portuguesa
  • Erik Ten Hag (Holanda) – Ajax
  • Tite (Brasil) – Seleção brasileira
PUBLICIDADE