11/01/2017 09h30 - Atualizado em 11/01/2017 08h29

Alex não é mais jogador do Internacional, e diz que o clube mudou sua vida

"Fica meu agradecimento por tudo que o Inter me proporcionou"

PUBLICIDADE
Yahoo

Yahoo

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Após oito anos defendendo a camisa do Internacional (em duas passagens distintas), Alex se despediu do Internacional. O meia, de 34 anos, e o clube fizeram um acordo para encerrar o contrato que duraria até o meio desta temporada.

 

O término do vínculo acontece a um dia da apresentação do elenco para 2017. Alex ainda vai passar no Beira-Rio durante a semana para se despedir de amigos, e fazer um pronunciamento. Em nota oficial no site do Internacional, tanto o presidente da instituição quanto o atleta demonstraram gratidão mútua.

 

“Fica meu agradecimento por tudo que o Inter me proporcionou, por ter mudado minha vida. Todo o meu respeito e admiração a todos as pessoas que trabalhei no Clube, a todos os funcionários e a toda a torcida colorada. Deixo o Inter, mas a minha torcida estará sempre com o clube”, afirmou o meia.

 

“Fica o nosso agradecimento ao Alex por tudo que ele fez na história do Internacional. É um atleta que nos deu muitas alegrias, um profissional exemplar, e temos como dever tratá-lo com todo o nosso respeito. É um ídolo que estará sempre na história do nosso clube”, disse o presidente Marcelo Medeiros.

 

Se os últimos momentos de Alex ficaram marcados por um rebaixamento inédito do clube no Brasileirão, a sua história em vermelho é repleta de glórias e troféus. Contratado em 2004, dois anos depois se firmou entre os titulares na segunda fase da Copa Libertadores vencida pelo Inter e, ainda em 2006, foi um dos líderes na conquista do Mundial de Clubes, sobre o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho.

 

Ainda em sua primeira passagem, também conquistou troféus como a Recopa Sul-Americana (2007) e a Copa Sul-Americana (2008). Em 2009, foi negociado com o Spartak de Moscou. Teve passagem rápida pela Seleção Brasileira e pelo Corinthians, e retornou ao Beira-Rio em 2013 e ajudou o Inter na conquista de um tricampeonato gaúcho de 2014 até 2016.

PUBLICIDADE