11/10/2018 09h55 - Atualizado em 11/10/2018 08h56

Saiba por que você nunca deve lavar um peru cru

Tenha cuidado ao lavar utensílios ou ferramentas de cozinha

PUBLICIDADE
Texto original de Sarah Rohoman / Yahoo!

Texto original de Sarah Rohoman / Yahoo!

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Em algum momento de nossas vidas, todos nós já lavamos o peru de Natal na água da torneira. No entanto, isso não é apenas pouco saudável, mas em alguns casos, pode até ser fatal.

 

As gotas de água que entram em contato com a carne crua podem se espalhar por toda a pia, torneira, panos de prato e superfícies da cozinha, espalhando bactérias perigosas que podem causar intoxicação alimentar.

 

O peru que nós compramos pode carregar duas bactérias perigosas em seu estado cru: a primeira é a campylobacter, e a segunda, que você provavelmente já conhece, é a salmonella. A água, seja fria ou quente, não irá matá-las, então não importa o quanto você lave o peru, a única coisa que estará fazendo é aumentar a chance de espalhar os germes por toda a sua cozinha.

 

A infecção por campylobacter pode causar dor abdominal, diarreia grave acompanhada de sangue, febre e vômitos. Os sintomas costumam durar até 10 dias, e a maioria das pessoas se recupera sem qualquer tipo de tratamento. No entanto, ela pode ser fatal em crianças pequenas, idosos e pessoas com o sistema imunológico debilitado.

 

A infecção por salmonella tem sintomas semelhantes, incluindo diarreia, febre e cólicas intestinais, que podem durar de 12 a 27 horas após ser infectado. Em alguns casos, a salmonella pode provocar a morte.

 

Mesmo que você compre apenas perus criados de forma orgânica, a ave ainda pode conter bactérias prejudiciais como as encontradas nos perus criados da maneira convencional, então lembre-se de se precaver, independentemente do tipo de ave que estiver manipulando.

 

Todos os alimentos vêm com certos riscos, mas se você seguir as melhores práticas, terá refeições seguras e deliciosas.

 

Getty Images
 
 

Certifique-se sempre de que o seu peru está completamente cozido e de que não há nenhuma parte rosada quando você cortar a região mais grossa da carne. Se você tem um termômetro para carnes, a temperatura interna segura recomendada pelo FDA é de 74 graus. Um bom cozimento é a melhor – e única – forma de remover as bactérias.

 

Tenha cuidado ao lavar utensílios ou ferramentas de cozinha que tenham entrado em contato com a carne crua do peru para evitar espalhar os germes.

 

E se você sentir que precisa fazer uma limpeza extra para eliminar a viscosidade da pele da ave, o FDA recomenda bater de leve com uma toalha de papel e, em seguida, jogá-lo fora imediatamente.

PUBLICIDADE