11/07/2019 10h45 - Atualizado em 11/07/2019 08h50

Por que você às vezes se sente sozinho mesmo cercado de pessoas

O sentimento de pertencimento é uma necessidade, não uma vontade

PUBLICIDADE
Yahoo!

Yahoo!

PUBLICIDADE
Delta Ativa

As pessoas tendem a pensar na solidão como um problema que afeta os idosos ou pessoas socialmente isoladas, mas a verdade é que ela é é mais complicada do que isso. É um anseio por uma conexão social genuína e não o número de pessoas em seus contatos.

 

Uma pesquisa recente, conduzida pela Cigna, descobriu que quase metade dos americanos relatam que às vezes ou sempre se sentem sozinhos e 1 em cada 4 raramente (ou nunca) sente que existe alguém que o compreenda. Apenas 53% dizem que passam algum tempo com amigos ou familiares diariamente.

 

O sentimento de solidão tem mais a ver com a qualidade do que com a quantidade de seus relacionamentos. Ter conexões de alta qualidade e a necessidade de pertencer, são coisas fundamentais.

 

Para que esta necessidade seja plenamente suprida, você deve ter algumas pessoas próximas em sua vida com quem tem interações positivas frequentes e que se importam profundamente contigo, numa relação ativa, duradoura e estável.

 

Estar perto de muitas pessoas com as quais você não se conecta ou não passar tempo suficiente com as pessoas com quem é próximo pode fazer com que se sinta bastante solitário.

 

Embora a mídia social não seja a culpada pela solidão, as pessoas que têm interações cara a cara, diárias, com amigos e familiares, têm menos probabilidade de se sentirem socialmente desconectadas.

 

Dormir o suficiente também é importante. Quem sofre de privação de sono é mais propenso a se sentir sozinho e menos inclinado a se envolver com os outros.

 

O sentimento de pertencimento é uma necessidade, não uma vontade. Encontre um grupo de amigos com os quais você sente afinidade e torne isso uma prioridade.

 

 

Samantha Boardman

PUBLICIDADE