11/10/2018 10h45 - Atualizado em 11/10/2018 08h57

O que acontece com seu corpo quando você perde 1 hora de sono

Todos nós temos noites em que não dormimos bem o suficiente

PUBLICIDADE
Escrito por Kristine Tarbert / Yahoo!

Escrito por Kristine Tarbert / Yahoo!

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Todos nós temos noites em que não dormimos tão bem quanto gostaríamos. Mas perder, nem que seja uma hora de sono, pode impactar em nossa saúde. Embora uma hora não pareça ser muito tempo, 60 minutos de sono perdido podem realmente afetar o seu corpo.

 

Pesquisas têm mostrado que uma hora perdida de sono pode causar aumento de apetite – algo em torno de 200 calorias a mais no dia seguinte à alteração – além de reduzir o condicionamento físico e diminuir a produtividade.

 

Isso é algo que a cientista social e bióloga Silvia Damiano vê o tempo todo em seus clientes.

 

“O que eu vejo em meus clientes é que quando o mínimo de sete horas (embora alguns precisem de oito ou nove) e, portanto, os cinco estágios do sono não são completados, isso se transforma em sensação de cansaço pela manhã e uma menor prontidão e reação para enfrentar os desafios do dia”, disse Silvia ao Yahoo.

 

“Eles podem não se animar e ficar felizes com o que é preciso fazer e, quando chegam no trabalho, não têm o bom humor necessário para influenciar e levar os outros a alcançar os melhores resultados.”

 

Embora a mudança em torno do horário de verão seja pequena, ela é suficiente para impactar seu ritmo circadiano e atrapalhar o seu relógio interno.

 

“O princípio básico é que o relógio interno de nosso corpo está sincronizado à luz”, disse ao Yahoo o Dr. Peter Eastwood, Presidente da Associação Australiana do Sono e Professor da Universidade da Austrália Ocidental. “A luz é o maior estímulo para manter o relógio do nosso corpo funcionando. Então se de repente você altera esse relógio e o tempo entre luz e escuridão, dormir e acordar, o seu corpo vai precisar de um tempo para voltar ao normal.”

 

Uma hora perdida de sono pode ter um papel maior – e talvez mais perigoso – no ritmo natural de nosso corpo, de acordo com um estudo liderado pelo Centro Cardiovascular Frankel da Universidade de Michigan.

 

Os chocantes resultados da pesquisa mostram que uma hora perdida de sono, tem aumentado em 24% o risco de ter um ataque cardíaco no dia seguinte.

 

Foto: Getty
 

No entanto, o Dr. Eastwood afirma que os nossos corpos são muito capazes de lidar com essa alteração de uma hora e que os efeitos gerados neles são bem pequenos.

 

“Se existem alguns efeitos nas coisas que causam ataque cardíaco e depressão – e no que outros estudos têm mostrado em mudanças de comportamento, fisiologia e humor – no espaço de uma hora, eles são muito pequenos”, diz ele.

PUBLICIDADE