12/02/2019 10h42

Má notícia: tomar cerveja antes do vinho não ajuda na ressaca

Aparentemente, não há uma ordem “certa” para consumir diferentes tipos de bebidas alcoólicas

PUBLICIDADE
Yahoo!

Yahoo!

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Há um ditado inglês que diz “Beer before wine, you’ll feel fine, wine before beer, you’ll feel queer”. Basicamente, o que ele diz é que se você tomar cerveja antes do vinho, vai se sentir bem, mas se tomar vinho antes da cerveja, vai se sentir estranho.

 

Muitos podem ter acreditado neste dito popular do passado, quando consumiam bebidas alcoólicas, na esperança de evitar a ressaca no dia seguinte.

 

No que, sem dúvida alguma, pode ser descrito como o experimento científico mais agradável de todos os tempos, a Universidade de Witten/Herdecke, na Alemanha, reuniu 90 voluntários para testar esta teoria.

 

Os participantes foram divididos em três grupos diferentes e receberam a tarefa de ingerir grandes quantidades de bebidas alcoólicas.

 

  • O grupo 1 tomou 1,5 litro de cerveja lager, seguido por quatro taças grandes de vinho branco.
  • O grupo 2 tomou quatro taças grandes de vinho branco, seguidas por 1,5 litro de cerveja lager.
  • O grupo 3 tomou a mesma quantidade de álcool, mas consumiu apenas vinho ou cerveja.

 

Os participantes estavam sob supervisão médica durante a noite.

 

Na semana seguinte, os dois primeiros grupos alternaram a ordem em que consumiram suas bebidas, e o terceiro grupo (grupo de controle) trocou a bebida ingerida.

 

Foi solicitado que os participantes preenchessem um questionário para avaliar o quanto estavam embriagados no final de cada experimento.

 

Eles também avaliaram a intensidade da ressaca na manhã seguinte.

 

Os resultados mostraram que, independentemente da ordem em que as bebidas foram consumidas, os participantes tiveram ressacas igualmente intensas.

 

“A única forma confiável de prever quão miserável você vai se sentir no dia seguinte é observar o quanto você está embriagado e se você está passando mal. Todos nós devemos dar mais atenção a estes sinais de alerta quando estivermos bebendo,” concluiu o autor principal do estudo, Jöran Köchling.

 

Embora não seja possível prevenir a ressaca, você pode agir para lidar com ela da melhor maneira possível no dia seguinte.

 

Ian Hamilton, professor de saúde mental e vício na Universidade de York, deu algumas dicas de como enfrentar a ressaca no podcast ‘Britain is a Nation of…’

 

Ele disse: “Meus principais conselhos são tomar bastante água, comer algo e, mentalmente, saber que você não precisa fazer nada. Assista um pouco de televisão e fique aconchegado no sofá. Cuide-se”.

 

Francesca Specter

PUBLICIDADE