05/12/2019 10h41

Especialistas em vida selvagem ficaram sem palavras depois de ver um urso polar pichado

O alerta inicial sobre a pichação foi dado no Facebook pelo ativista Sergey Kavry

PUBLICIDADE
HypeScience

HypeScience

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Um urso polar foi filmado andando na Rússia com a pichação “T-34” em sua pelagem. O vídeo foi compartilhado nas redes sociais russas, e agora autoridades estão tentando determinar em que região do país o vídeo foi gravado.

 

T-34 foi um tanque de guerra que teve papel muito importante na derrota dos nazistas alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

 

O alerta inicial sobre a pichação foi dado no Facebook pelo ativista Sergey Kavry, do World Wildlife Fund (WWF), uma organização de proteção à natureza. Ele escreveu na legenda do vídeo que o material estava circulando em um grupo de Whatsapp de indígenas da etnia Chukotka, na região do extremo Leste da Rússia.  

 

Qualquer cientista monitorando a vida selvagem da região não teria marcado o animal desta maneira, já que a tinta atrapalha a camuflagem do urso na neve e dificulta a caça. Especialistas acreditam que a tinta vai acabar saindo sozinha, mas que o urso pode ter dificuldades para caçar até que isso aconteça.

 

O cientista Anatoly Kochnev, do Instituto de Problemas Biológicos do Norte, acredita que o responsável pelo crime provavelmente sedou o animal para conseguir escrever em sua pelagem. Isso porque as letras estão do mesmo tamanho e em linhas retas, o que não seria possível se o urso estivesse se movendo.

 

Anatoly aponta a remota região de Novaya Zemlya como possível localização do vídeo. Em fevereiro de 2019 um vilarejo da região foi invadido por dezenas de ursos polares famintos que vasculhavam lixões e tentavam entrar nas casas em busca de alimento. [BBC]

PUBLICIDADE