09/08/2018 15h00 - Atualizado em 09/08/2018 14h40

Dormir mais de 8h por noite pode fazer mal à saúde, afirma estudo

A equipe analisou 74 estudos envolvendo mais de três milhões de participantes

PUBLICIDADE
Yahoo!

Yahoo!

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Com a vida corrida que a maioria de nós leva, tudo que queremos é dormir o máximo que pudermos. Há o mito de que oito horas são o suficiente para nos deixar descansados, mas todos desejamos poder ficar algum tempo a mais debaixo do cobertor.

 

Segundo estudo realizado pela Universidade de Keele, no Reino Unido, pessoas que dormem mais do que essa média podem desenvolver “um sério distúrbio do sono”. Algumas consequências apontadas pelos pesquisadores são respiração prejudicada e aumento do risco de doenças cardíacas.

 

A equipe analisou 74 estudos envolvendo mais de três milhões de participantes entre os anos de 1970 e 2017. A intenção era descobrir a relação entre sono excessivo, doenças do coração e mortalidade e os cientistas descobriram que dormir dez horas ou mais aumenta em 30% o risco de morte prematura.

 

Outros dados levantados foram o aumento de 56% do risco de morte por AVC e 49% de doenças cardiovasculares. “Nossas descobertas têm implicações importantes, pois os médicos devem ter maior consideração para explorar a duração e a qualidade do sono durante as consultas”, diz Chun Shing Kwok, um dos pesquisadores envolvidos.

PUBLICIDADE