13/02/2018 09h00 - Atualizado em 13/02/2018 09h02

A carambola é uma fruta deliciosa. Porém, seu consumo exige cuidados

É uma fruta cítrica, exótica e pouco calórica

PUBLICIDADE
Adilson Barroso - Ambientalista

Adilson Barroso - Ambientalista

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A carambola é uma fruta cítrica, exótica e pouco calórica, com fonte natural de vitamina A, C e complexo B, que é benéfica ao metabolismo. Conhecida por ser eficaz no combate de resfriados, a fruta fortalece realmente a imunidade humana, pois atua como antioxidante e age contra radicais livres. Já as vitaminas do complexo B (riboflavina, piridoxina e outras) atuarão favorecendo o metabolismo e várias outras funções dentro do corpo. Além disso, esta fruta contém potássio que auxilia no sistema sanguíneo, reduz a pressão e regulariza os batimentos do coração.

 

No entanto, é preciso tomar alguns cuidados ao consumir carambolas. Conforme estudos realizados na University Malaya Medical Centre, existe um fator preocupante no consumo da carambola, pois a fruta possui uma neurotoxina que não encontrada nas outras.

 

Esta toxina pode ser perigosa, pois é capaz de afetar o cérebro e o sistema nervoso, principalmente pessoas com históricos de problemas renais. Isso decorre porque o rim pode ser incapaz de expelir as toxinas da fruta após ser ingerida acarretando assim, uma intoxicação.

 

É preciso estar atento aos sintomas como: dormência, confusão mental, fraqueza, soluços e até crises epiléticas, se ocorridos após o consumo, pois pode se tratar de uma intoxicação por carambola.

 

A ingestão de uma única carambola pode causar a infecção e apresentar os sintomas citados, por isso, é recomendável falar com o seu médico ou nutricionista sobre os riscos da carambola para o seu organismo.

 

 

“Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico.”
PUBLICIDADE