11/10/2017 08h12

‘Brecha’ no WhatsApp pode revelar com quem você anda conversando

Esse tipo de problema não é exclusividade do WhatsApp

PUBLICIDADE
Yahoo!

Yahoo!

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Uma brecha no WhatsApp pode permitir que qualquer pessoa tenha acesso a uma série de informações confidenciais de seus contatos, como a quantidade de horas que uma pessoa costuma dormir, o horário em que ela acorda e até com quem está conversando. A “falha”, descoberta pelo engenheiro de software Rob Heaton, usa duas informações presentes no aplicativo: a confirmação de leitura e o “visto por último”, que mostra a última vez que a pessoa esteve online.

 

Cruzando esses dois dados e usando apenas um computador, é possível saber, por exemplo, se a pessoa tem problemas de insônia, caso ela vá dormir em horários irregulares ao longo dos dias. Ao cruzar os padrões de atividade de duas pessoas, o engenheiro mostra que é fácil identificar se uma está conversando com a outra. Como relata o site The Next Web, com uma extensão básica para Chrome, seria possível monitorar seus contatos de perto.

 

Heaton alerta ainda que esse tipo de informação, se coletado em massa, pode ser vendido a empresas de publicidade, que poderiam oferecer produtos específicos para determinados padrões, como remédios para dormir para quem tem sono.

 

Esse tipo de problema não é exclusividade do WhatsApp. Pesquisadores de segurança já demonstraram como isso pode acontecer também no Facebook.

PUBLICIDADE