15/05/2018 09h55 - Atualizado em 15/05/2018 08h26

Aos 43 anos, mãe será barriga de aluguel de sua filha vítima de câncer

“Agora que já criei meus filhos, estou pronta para aproveitar meus netos e mimá-los”

PUBLICIDADE

Yahoo!

Yahoo!

PUBLICIDADE

Delta Ativa

Um história de mãe e filha da cidade de Illinois, nos EUA, mais parece coisa de novela. Aos 43 anos, Sheila Gump está prestes a dar à luz seus netos após sua filha, Micaela Johnson , sofrer com um câncer.

 

Em 2015, pouco antes de completar 24 anos, Micaela foi diagnosticada com câncer de colo de útero. Como já sabia que o tratamento seria agressivo, ela e o marido resolveram congelar seus embriões para, futuramente, realizar uma fertilização in vitro.

 

“Nós queríamos um segundo filho e estávamos tentando quando descobrimos meu câncer. E mesmo antes de sabermos qual seria o plano de tratamento, minha mãe disse: ‘no pior dos casos, se você perder sua fertilidade, eu farei isso para você se os médicos disserem que eu posso’”, contou a jovem ao Good Morning America.

 

Reprodução/Michaela Johnson
 

“Sempre soube que faria isso. Como mãe queremos ver nossos filhos felizes dando tudo que podemos. Isso é uma coisa que tirada dela e que eu poderia dar”, afirma Sheila. A fertilização foi feita no ano passado e ela agora se prepara para dar à luz gêmeos, um menino e uma menina.

 

O parto acontecerá em julho e mãe e filha estão ansiosas para conhecer os filhos e netos. “Agora que já criei meus filhos, estou pronta para aproveitar meus netos e mimá-los”, diz Sheila.

PUBLICIDADE